Como ocorre o envelhecimento da pele?

Como ocorre o envelhecimento da pele?

Tem gente que não aparenta a idade que possui. A maioria dos meus pacientes torce para surpreender positivamente as pessoas ao revelar sua idade, pois esse é um indício de que a pele não apresenta os sinais do envelhecimento.

Apesar de não existir um elixir da juventude eterna, é possível evitar o envelhecimento precoce e até mesmo, retardar os traços de expressão que denotam idade avançada, como sulcos, rugas e flacidez.

Você já se deparou com duas pessoas, aproximadamente da mesma idade, e reparou que a mais velha, na verdade, parecia ser a mais nova?

Situações como essa demonstram como o envelhecimento não está somente associado a quantos anos se passaram desde a data de nascimento do indivíduo. Esse fator sofre influência de outras variáveis, como doenças crônicas, condição socio econômica e/ou estilo de vida.

O envelhecimento celular ocorre quando as células somáticas começam a morrer sem que, no entanto, sejam substituídas por novas células, como acontece na juventude. Biologicamente, o envelhecimento caracteriza a queda na produção de colágeno e a lentidão da taxa de renovação celular. Nesse contexto, também ocorre a degeneração das fibras elásticas e do tecido conjuntivo.

Assim, a barreira cutânea perde a antiga capacidade de reter a hidratação, deteriorando a tonicidade da pele.

Como evitar o envelhecimento da pele antes da hora

Além das causas fisiológicas, que são naturais e intrínsecas, existem fatores exógenos que também influenciam no processo de envelhecimento. A boa notícia é que podemos atuar de forma preventiva sobre tais interferências.

Veja abaixo quais são elas e como podemos evitá-las:

Radiação UV

A exposição solar desprotegida é uma das maiores causas de envelhecimento precoce, devido ao estímulo do que chamamos de estresse oxidativo. Essa nomenclatura denomina a produção excessiva ou descontrolada de radicais livres.

A disfunção motiva alterações das funções celulares e uma de suas consequências é o envelhecimento precoce. Além disso, a radiação UV também representa um fator de risco para o desenvolvimento do câncer de pele. Por isso insisto tanto na necessidade de tornar a aplicação do protetor solar um ritual diário.

Banhos quentes e longos

falamos sobre isso, mas repito quantas vezes for necessário: banho em alta temperatura e com longa duração, além de não ser sustentável, não faz bem para a pele.

A água quente retira a camada protetora de oleosidade natural. Assim, a pele fica propensa a dermatite atópica e ao ressecamento. Essas condições favorecem o envelhecimento precoce.

Má alimentação

Já reparou como o aspecto da sua pele melhora quando você se alimenta corretamente? Os efeitos da dieta balanceada sobre a cútis vão além do que se pode enxergar.

Um cardápio equilibrado certamente contém frutas, verduras e legumes. Esses alimentos garantem a ingestão de antioxidantes que auxiliam no combate aos efeitos nocivos do estresse oxidativo. 

Para evitar o envelhecimento precoce recomenda-se reduzir o açúcar, pois o processo de glicação faz com que a pele perca a elasticidade.

Tabagismo

A nicotina acelera a degradação de colágeno e elastina, deixando a pele flácida e com linhas de expressão. Este fato, associado ao movimento realizado pela boca para tragar, origina sulcos verticais sobre o lábio superior, originando rugas conhecidas como “código de barras”.

Procedimentos para combater o envelhecimento da pele

Concordo com quem diz que as rugas são marcas de sabedoria e experiência; inclusive, admiro minhas pacientes que as ostentam com orgulho. No entanto, existem casos em que os sinais de envelhecimento afetam profundamente a autoestima da pessoa.

Ao suavizar marcas de expressão, a fisionomia de um paciente se renova. Indico alguns procedimentos estéticos, pois sei a capacidade que eles têm de transformar a relação de muitas pessoas com o espelho.

Os principais procedimentos sugeridos atualmente para rejuvenescimento facial, de acordo com a particularidade de cada caso, são:

Laser de CO² fracionado:  indicado para rejuvenescimento facial preciso, remoção de rugas e linhas de expressão finas, como os pés de galinha. Essa técnica renova a epiderme (células superiores da pele), revelando a derme (camada debaixo da pele).

Nesse processo, a derme regenera o colágeno e a nova epiderme sobrejacente.

BOTOX: combate o envelhecimento acelerado mas também costuma ser aplicado para fins preventivos. A aplicação da toxina botulínica reduz rugas dinâmicas e/ou estáticas.

Ultraformer III: atua de forma preventiva ao envelhecimento. Essa tecnologia de micro efeito térmico (MMFU) provoca a coagulação sanguínea, estimulando a produção de colágeno.

Se as marcas do envelhecimento te incomodam, ou se você ainda não possui nenhum traço expressivo, mas deseja retardar seus iminentes efeitos, agende uma consulta. Assim, falaremos sobre o seu caso de forma mais precisa e irei te indicar um protocolo específico para suas necessidades.

C