Procedimento sem cirurgia para levantar bumbum: existe?

Procedimento sem cirurgia para levantar bumbum: existe?

Procedimento sem cirurgia para levantar bumbum: existe?

Depois que algumas blogueiras passaram a compartilhar as sessões de alguns tratamentos estéticos para deixar o bumbum empinado, a procura pelo procedimento virou febre em clínicas de estética e, também, aqui no consultório.

Mas será que é verdade ou #fakenews de redes sociais? 😉

A verdade é que existem, sim, procedimentos estéticos que dão resultado nessa seara, mas o saldo final depende de uma série de fatores, que vou tratar logo abaixo. O principal deles é, de fato, o método a ser escolhido.

Por exemplo: existe um aparelho, conhecido como pump up, que age, através da ventosaterapia, na região dos glúteos. Contudo, a eficiência dessa ferramenta divide as opiniões dos especialistas. Em alguns casos, a sucção feita pelo aparelho pode gerar um edema intenso, estimular a flacidez e até mesmo necrosar o tecido da região. Eu, particularmente, não indico às minhas pacientes.

Na possibilidade de utilizar um equipamento que pode gerar mais danos do que benefícios, é melhor procurar por um método mais seguro e assertivo.

Flacidez no bumbum: reverta esse quadro com bioestimuladores

Bioestimuladores de ácido polilático (Sculptra®) são substâncias compostas pelo Ácido Poli-l-Láctico (PLLA), desenvolvidas especialmente para estimular a produção de fibras de colágeno nas regiões onde é aplicada.

É um dos tratamentos mais eficientes para estimular a formação de colágeno na pele, obtendo ótimos resultados para o rosto e o corpo, especialmente no tratamento de rugas e flacidez. E, sim, serve para combater a flacidez do bumbum.

Vale lembrar que o bioestimulador não é, simplesmente, um produto para preencher e dar volume aos glúteos. Ele promove aumento na quantidade de colágeno novo e, com isso, traz um rejuvenescimento real aos locais tratados, com melhora inclusive da firmeza da pele.

Está pensando em dar um up no bumbum, mas não quer se submeter a uma cirurgia invasiva? Procure, a princípio, por métodos mais simples, que podem te trazer resultados positivos. Mas sempre faça isso com o acompanhamento de um dermatologista de confiança.

Se você tiver mais dúvidas sobre como reduzir a flacidez no bumbum, deixe sua pergunta nos comentários que eu responderei o mais rápido possível. Ou se preferir, agende sua consulta aqui na Clínica Lucas Miranda para falarmos sobre o seu caso com precisão!

Estamos à disposição para avaliar seu caso e te ajudar a redescobrir a beleza que já existe em você.