Tratamentos Para Melasma

Se você já passou pelo blog da Clínica Lucas Miranda, percebeu que um assunto recorrente por aqui é o melasma. Isso tem uma razão: o melasma é uma das queixas mais frequentes em nossa prática. Caracterizada pelo surgimento de manchas acastanhadas, essa dermatose é mais comum em mulheres e se manifesta principalmente na região da face, causando grande incômodo estético.

Há quem pense que o melasma é visível apenas na face. Ao contrário: além do rosto, ele também pode acometer a região do pescoço, colo e membros superiores. Por se apresentar em regiões tão visíveis, a doença causa incômodo e afeta a autoestima, sobretudo das mulheres, já que os homens correspondem a apenas 10% da população afetada.

Dentre as principais causas do melasma podemos destacar sua relação com fatores genéticos, embora a origem da patogenia ainda não tenha sido esclarecida em sua totalidade.

Além dessa predisposição, a exposição solar e/ou a altas temperaturas, o uso de medicamentos e, principalmente, as questões  hormonais podem propiciar o surgimento da doença. Anticoncepcionais, terapia de reposição hormonal pós menopausa, ou até mesmo a gravidez são algumas causas também associadas.

A boa notícia é que, com tecnologia científica e perícia médica de um dermatologista, a condição é tratável. Isso traz muito mais segurança e autoestima a quem sofre, de fato, com as consequências dessa doença de pele.

Como ter uma pele sem manchas?

Uma dúvida frequente a que respondo sobre o melasma é sobre sua possibilidade de cura. A realidade é que, assim como as causas certas características da doença ainda são misteriosas, também o é sua eliminação efetiva. Mas, apesar de o melasma não ter cura, existem cuidados e procedimentos que são grandes aliados para controlar as manchas.

Vamos passar, agora, pelos principais deles:

Tratamentos tópicos: o primeiro passo para tratar corretamente o melasma é tornar o uso do protetor solar um hábito. É indicado que o produto seja reaplicado a cada duas horas, mesmo em dias nublados.

Em uma avaliação clínica dermatológica, provavelmente será prescrito o uso de um ácido com efeito despigmentante. Os tratamentos tópicos podem ser feitos à base de ácido retinóico, ácido azeláico, ácido kójico, arbutin ou a controversa hidroquinona. Em tratamento com qualquer um desses agentes, a principal função do ácido é clarear as manchas.

A vitamina C também costuma ser indicada nos protocolos de tratamento de melasma. Isso se dá porque, além de um efeito despigmentante, essa vitamina tem poder antioxidante e, por isso, oferece bons resultados.

Tratamento via oral: por o melasma ser uma doença crônica, se não houver manutenção de cuidados específicos, as manchas que possivelmente tenham desaparecido a partir de algum protocolo de tratamento podem reincidir.

Por esse motivo, em alguns casos, prescreve-se medicamentos a serem administrados via oral, como é o caso da luteína, do ácido tranexâmico e do pignogenol, dentre outros. Essas substâncias conseguem combater os radicais livres e aumentar a proteção solar.

Tratamentos para melasma em BH

Além dos tratamentos tópicos e orais para melasma disponíveis em BH, existem alguns procedimentos dermatológicos que podem potencializar os resultados dos tratamentos para melasma. Vou citar abaixo os principais deles. Mas, atenção: qualquer um desses protocolos deve ser feito por um dermatologista especializado, em consultório ou clínica.

Não coloque sua pele em risco nas mãos de pessoas que não possam te atender da forma correta. Em se tratando de pele, quando laser e ácido são ministrados equivocadamente, os resultados podem ser desastrosos e indeléveis.

Peeling químico: neste procedimento são aplicados ácidos específicos sobre a pele, que auxiliam na retirada de camadas danificadas por meio da descamação. Ou seja, o peeling químico causa uma renovação celular profunda. Como tratamento de melasma, nesse processo são utilizadas substâncias específicas para a/o paciente com o intuito de tratar as manchas.

É possível observar resultados expressivos já após a primeira sessão de peeling químico. Há de se ter extrema cautela pois, quando realizados com técnica incorreta, podem surtir efeito contrário, piorando o melasma.

Microagulhamento/Dermaroller + MMP: trata-se de um sistema de rolamento que contém inúmeras microagulhas capazes de gerar centenas de microlesões superficiais na pele. A técnica é indicada para tratar melasma por permitir a deposição de substâncias clareadoras, como a vitamina C e o ácido tranexâmico, nas camadas mais profundas da pele. Esse procedimento também é conhecido nos consultórios dermatológicos como drug delivery. No caso do MMP, o dispositivo eletrônico já consegue injetar os medicamentos nas camadas específicas.

Laser Spectra XT: nesse tratamento para melasma são feitas sessões rápidas e indolores de aplicação a laser. O ativo fornece resultados impressionantes e eficazes para o tratamento dessa dermatose. Por se um laser não-ablativo, ou seja, não agride as camadas superficiais da pele (não descama), ele exibe grande segurança no tratamento desta condição.

Dicas para evitar o melasma

Embora nem sempre o melasma seja evitável, alguns hábitos comuns da sua rotina podem te ajudar a, pelo menos, atrasar seu aparecimento. Siga essas dicas para combater o melasma e não se esqueça de visitar regularmente o dermatologista de sua confiança para manutenção da saúde da pele:

  • aplique sempre protetor solar, mesmo em dias nublados;
  • utilize diariamente proteções mecânicas contra o sol, como boné ou viseira;
  • procedimentos para tratar melasma não podem ser invasivos. Sabe-se que, tratamentos agressivos, seja ele qual for, pode gerar um agravamento das manchas. É imprescindível que qualquer tratamento seja realizado por um dermatologista, para não causar efeito rebote;
  • em dias quentes, utilize água termal para resfriar a pele quando estiver exposta/o ao calor.

Se esse texto ainda não tirou todas as suas dúvidas sobre a dermatose em questão, clique aqui para ler meu artigo sobre mitos e verdades envolvendo o Melasma.

E, se quiser saber mais ou ter um diagnóstico preciso, agende uma consulta aqui na Clínica Lucas Miranda para que possamos falar do seu caso, em específico, e encontrar um bom protocolo de tratamento para você! Estou à sua disposição para deixarmos sua pele ainda mais bonita.

Marque sua avaliação ou agende este tratamento.