Hábitos saudáveis para melhorar a pele

Hábitos saudáveis para melhorar a pele

Melhorar a pele não é só vaidade: além de evitar o envelhecimento precoce, certos cuidados também ajudam a prevenir o câncer de pele.

De modo geral, a preocupação com a pele do rosto costuma ser um dos principais motivos da visita de um paciente ao dermatologista. Em consulta clínica e, eventualmente, através de exames complementares, podemos indicar a melhor forma de tratamento para lesões e doenças de pele, assim como orientar cuidados específicos para o dia a dia.

Infelizmente ainda é comum as pessoas subestimarem a visita ao dermatologista. Muita gente, por exemplo, acaba preferindo utilizar um creme indicado pelo(a) colega do que produtos prescritos por um especialista.

Um fato frequente na maioria desses casos é o paciente se frustrar com o uso do produto, que foi tão bem recomendado pelo colega, mas que, para ele, não teve bons resultados ou apresentou reações adversas. Somente então, pela urgência da necessidade, o paciente recorre ao consultório dermatológico com o questionamento: “por que foi excelente para tal pessoa, mas não deu certo para mim?”

Primeiramente, é preciso entender que cada pele possui características próprias e muito específicas. A classificação geral é feita em pelo menos 4 grupos: normal, oleosa, seca ou mista. A partir dessas categorias consideramos outros fatores, como o tom de pele, por exemplo, que também influencia diretamente o tipo de cuidado que deve ser recomendado. Isso explica porque um produto que foi ótimo para fulano não fez efeito (ou não causou o efeito desejado) em você.

Geralmente, dermocosméticos não são baratos, e esse é um dos motivos que leva o paciente a confiar na eficiência do produto que foi testado e indicado por terceiros. Por outro lado, nem sempre um produto caro será a melhor solução para seus cuidados com a pele.

Recomendo que você sempre consulte o dermatologista antes de investir em produtos que talvez não sejam adequados para o seu tipo de pele.

Como melhorar a pele a partir de hoje

Se você tem consciência de que o maior órgão do seu corpo merece atenção e acompanhamento especializado, já sabe que não é qualquer produto que terá bons resultados na sua pele, só porque foi bem recomendado por outra pessoa.

No entanto, existem alguns hábitos que ajudam bastante quando a missão é melhorar a pele. E você ainda pode compartilhá-los sem medo com outras pessoas, pois tratam-se de dicas simples que beneficiam quem quer que as inclua em sua rotina.

A diferença pode ser notada em médio prazo. Veja os “atalhos” para melhorar substancialmente sua pele:

Use Filtro Solar

Se proteger da radiação solar evita o envelhecimento precoce, manchas, sardas, rugas e câncer de pele. É fundamental que esse seja um ritual diário, mesmo em dias nublados. Recomendo reaplicar 2 a três vezes durante o dia.

Beba muita água

Esse conselho favorece várias funções do seu organismo, inclusive o aspecto da pele. A desidratação provoca flacidez, deixando a pele pouco viçosa. Além disso, ao beber água você promove a eliminação de toxinas. O recomendado é consumir pelo menos 2 litros diariamente.

Reduza o consumo de açúcares e gorduras

O açúcar em excesso é responsável por uma das causas de envelhecimento celular. Quando a glicose se une às proteínas da pele (por exemplo, o colágeno), caracteriza-se o processo de glicação. Em outras palavras, isso promove formação de rugas e flacidez. A gordura, por sua vez, é causadora de celulite quando se acumula no tecido subcutâneo de forma irregular.

Equilibre sua alimentação 

Alimentos ricos em Vitamina A, C e E auxiliam no combate aos radicais livres. Ao atuar como antioxidantes, são notáveis os benefícios para a pele e para a saúde como um todo. Você pode obter essas vitaminas incluindo em sua dieta alimentos como cenoura, damasco, batata doce, laranja, limão, morango, acerola, amêndoas, gema de ovo e vegetais folhosos.

Retire a maquiagem antes de dormir

Atenção, mulheres! É imprescindível estar com a pele limpa durante o sono. Dormir de maquiagem deixa os poros obstruídos, prejudicando a renovação celular que ocorre durante a noite. A longo prazo, as consequências desse hábito podem se manifestar em linhas de expressão, rugas e flacidez da pele do rosto.

Gostou das dicas para melhorar a pele? Se tiver alguma dúvida, escreva nos comentários – ou, se preferir, venha bater um papo no consultório. Te aguardo para avaliar sua pele e indicar o tratamento mais adequado para deixá-la ainda mais bonita!

Para agendar seu horário, clique aqui.

Hábitos saudáveis para melhorar a pele