Dezembro laranja

frutas saúde da pele

Dezembro laranja

Dezembro é um mês alegre e cheio de novidades! Em meio às celebrações de Natal e ano novo, é preciso abrir um espaço para falarmos de prevenção.

O verão tem seu início dia 21 dezembro. Em condições normais – ou seja, sem isolamento social –, a estação leva milhares de pessoas às praias, clubes, cachoeiras e passeios ao ar livre. Aproveitar a vida é um direito – mas não podemos nos esquecer dos riscos. Dentre os principais “vilões” do verão está o câncer de pele.

Os dados em relação à doença são alarmantes, motivando a área de saúde a dedicar um mês inteirinho para refletir e conscientizar a população sobre os riscos do câncer de pele. Foi daí que surgiu o conceito de Dezembro Laranja, para colorir e proteger o verão de todo mundo!

Há sete anos, a Sociedade Brasileira de Dermatologia realiza a campanha Dezembro Laranja com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de pele.

O câncer de pele é extremamente comum entre os brasileiros. As informações alarmantes vem da própria SBD, esclarecendo que a doença responde por 33% de todos os diagnósticos de câncer no Brasil, sendo que o Instituto Nacional do Câncer (INCA) registra, a cada ano, cerca de 185 mil novos casos.

Nesse sentido, o mês que marca o início do verão não foi escolhido por acaso: a exposição solar excessiva, tão comum nessa época do ano, e a falta de uma rotina de proteção ao longo da vida são os principais fator de risco para a doença. O câncer de pele pode se desenvolver em qualquer região do corpo, inclusive na palma das mãos, planta dos pés, unhas e couro cabeludo.

O câncer de pele emite algum sinal de alerta?

A melhor forma de entender que algo está acontecendo de diferente é se observando: qualquer mudança brusca na pele é motivo de atenção.

Mesmo que não seja (ou não pareça) grave, toda alteração merece uma investigação médica bem detalhada. O ideal é procurar um especialista caso perceba anormalidades como feridas que não cicatrizam, verrugas que aumentam de tamanho, sinais e pintas que se alteram e manchas que coçam, sangram ou descamam.

Para cobrir todas as possibilidades, é imprescindível manter uma rotina de visitas ao dermatologista. Uma vez por ano é o suficiente, caso não haja histórico de câncer de pele na família. Essa consulta pode salvar vidas: apesar do elevado número de diagnósticos anuais, é fácil se prevenir do câncer de pele.

Prevenção é o melhor remédio

Um diagnóstico de câncer de pele não é brincadeira – e mexe muito com o paciente que se vê nessa posição. Ainda que as chances de cura existam, o processo de batalha contra a doença pode ser demorado e incômodo.

Para diminuir as chances de receber esse diagnóstico, siga as dicas abaixo:

  • Utilize filtro solar diariamente, reaplicando a cada duas horas;
  • O fator de proteção (FPS) deve ser no mínimo 30, pois protege contra a radiação UVB;
  • Utilize barreiras adicionais de proteção ao se expor ao sol, como óculos, chapéus e roupas;
  • Evite tomar sol entre 9h e 15h.

A prevenção do câncer de pele não é complicada: basta incorporar esses hábitos na sua rotina diária e manter a rotina de visitas ao dermatologista.

Você está em dia com esse cuidado profissional? Se você tem dúvidas em relação a algum sinal que apareceu no seu corpo ou qual é o protetor solar ideal para a sua pele, pode contar com a gente. A Clínica Lucas Miranda está aqui para te ajudar.

Entre em contato e marque sua consulta!