Acne solar: o que é e como evitar

luz pulsada

Acne solar: o que é e como evitar

No verão, um item (ainda mais) essencial é o filtro solar. Além de ajudar a proteger o rosto e o corpo dos efeitos da radiação, o produto também auxilia na prevenção da acne solar. É válido lembrar que, mesmo em dias frios e nublados, o uso do filtro solar é indispensável!

A acne solar se caracteriza pelo aparecimento de pequenas bolinhas vermelhas ou com pus, assemelhando-se a uma espinha que seca mais rápido. Essas bolinhas surgem durante ou após um período de exposição solar, geralmente nas áreas mais oleosas do corpo, como pescoço, dorso, ombros, braço, colo e rosto.

Em alguns casos, a acne solar é confundida com alergia e os indivíduos acabam reclamando de coceira no local da erupção. Contudo, na maioria das vezes, as lesões não apresentam sintomas, havendo apenas a preocupação com a estética.

Como evitar a acne solar?

Para evitar o surgimento de acne solar é importante fazer uma proteção efetiva. Os filtros solares devem ser, de preferência, à base de água e gel, oil free, de toque seco e não comedogênico, isto é, que não contribua para a obstrução dos poros.

Além disso, é necessário utilizar acessórios e outros aparatos físicos, como bonés, chapéus, roupas e sombrinhas que tenham fator de proteção no tecido, uma vez que a acne solar é causada pela junção de fatores, tais como:

  • Predisposição individual;
  • Longos períodos de exposição solar sem proteção, que contribuem para o aumento da produção de sebo e suor;
  • Uso de cosméticos errados para o tipo de pele.

O sol causa a obstrução dos poros, ocasionando inchaço onde o sebo seria eliminado.

Formas de tratar a acne solar

O tratamento da acne solar é similar ao da acne comum. A rotina de cuidados inclui limpeza adequada e aplicação de produtos que ajudem a regular a produção de sebo e absorção de oleosidade. Por último, o uso de protetor solar, de preferência com textura seca, é imprescindível.

O ideal é sempre procurar um dermatologista para entender como tratar corretamente cada caso. Assim, ele irá analisar o seu quadro, dar um diagnóstico e indicar os protocolos adequados. E lembre-se: nunca esprema as espinhas se seu intuito é prevenir manchas.

O tratamento da acne solar costuma ser bastante eficaz, principalmente quando há interrupção dos fatores de risco.

A limpeza de pele, por exemplo, quando bem feita, faz a extração manual dos cravos. Na linha cronológica, o cravo é a lesão que inflama e vira espinha. Por isso, precisamos tratar também o cravo, e não só as lesões inflamatórias.

Cuidado, no entanto, do que chamamos de limpeza de pele: extrair os cravos não significa espremê-los com as unhas e em qualquer lugar. Isso gera ainda mais chances de aparecimento de cicatrizes, fora as infecções e inflamações decorrentes da sujeira das mãos. A extração só deve ser feita com supervisão dermatológica.

Um segundo tratamento clínico muito utilizado para acne solar é o peeling. Esse tratamento é útil para tratar a acne e controlar a oleosidade, pois, através da descamação, melhora as manchinhas que são consequentes da doença.

Em geral, são necessárias de três a cinco sessões de peeling para o aparecimento de resultados.

Por último, existem os aparelhos a laser. A tecnologia chamada ND Yag consegue controlar lesões causadas por inflamações da pele de maneira efetiva. Aqui na Clínica Lucas Miranda, trabalhamos com o ND Yag através da marca Spectra XT®, que controla a flora bacteriana e o processo inflamatório.

Geralmente, o indicado é uma sessão a cada 7-15 dias. A maioria dos pacientes começam a ver resultados com apenas três sessões. O Spectra XT® não gera descamação e é completamente indolor. O paciente pode voltar imediatamente às suas atividades após a sessão.

Caso pretenda se expor ao sol, tenha todos os cuidados que citamos neste post. Afinal, a acne solar pode ocasionar marcas e manchas na pele.

 

Para não abrir mão da estação mais quente do ano, o cuidado vem em primeiro lugar! E, se a acne solar é algo que te incomoda, venha bater um papo comigo na Clínica Lucas Miranda. Vamos encontrar o tratamento ideal para o seu caso.