Você sabe o que é MD Codes?

A internet é uma mídia muito rápida e eficiente. Apesar de ter sido desenvolvida há pouquíssimo tempo, muitos já sabem e já se submeteram a este procedimento.

O MD Codes ® é uma técnica recentemente descrita por um brasileiro, que normatiza alguns pontos estratégicos do rosto para preenchimento e sustentação com ácido hialurônico. Para isso, um médico experiente com o método realiza um mapeamento global do rosto, para que o ácido seja aplicado em pontos específicos, possibilitando um lifting facial imediato e a reestruturação de regiões com perda de volume.

Até bem pouco tempo, o Ác. Hialurônico era usado superficialmente apenas para preencher sulcos e vincos, como o bigode chinês ou as olheiras. Com o advento do MD Codes, surge uma nova abordagem usando o mesmo ácido. Agora, o produto é injetado profundamente em pontos normatizados não apenas para devolver o volume perdido à face, mas também para sustentar, redefinir o contorno do rosto e promover o efeito lifting. Agora, com a técnica dos MD Codes, é possível que a face seja rejuvenescida em sua totalidade, de forma instantânea, sem necessidade de intervenção cirúrgica.

Aí reside o grande diferencial do tratamento: A possibilidade de reposicionar as estruturas da face em um momento precoce, de forma preventiva. Como o mapeamento permite que a aplicação seja controlada em pontos específicos, é possível rejuvenescer a face preservando a naturalidade do rosto do paciente, já que se leva em conta a anatomia e as proporções de cada um.

A durabilidade é variável de acordo com as características do produto utilizado (concentração e reticulação do produto), a área tratada, do volume injetado, hábitos (atividades físicas, tabagismo, exposição solar), sendo em média de 12 a 18 meses.

Procure seu dermatologista e converse com ele sobre esta técnica que vem ganhando milhares de adeptos diariamente.

Espero ter ajudado!

Forte abraço!

Já se descobriu a cura da calvície?

Vamos falar sobre Calvície! Vejo que os cabelos (ou a falta deles) incomodam e afetam sobremaneira a autoestima de uma pessoa, muitas vezes limitando relacionamentos pessoais ou mesmo profissionais. Pois causam introspecção, timidez e outras problemas psicoemocionais.

Gostaria de passar rapidamente sobre as quedas capilares em geral.

Sempre explico a meus pacientes que “Queda Capilar” não é uma doença, é um sintoma. Eu faço a seguinte analogia: Uma pessoa que vai a um pronto-socorro e que apresenta “febre”, já tem um diagnóstico? Não! Ela apresenta um sintoma – a febre. A doença ainda precisa ser investigada. Seria uma infeção urinária? Seria uma pneumonia?

O mesmo raciocínio serve para os cabelos. Uma pessoa que possui queda capilar, precisa ter sua causa exaustivamente pesquisada. Este é um ponto muito importante, pois a partir diagnóstico, podemos traçar uma estratégia terapêutica específica.

Agora vamos lá… Uma das principais causas de queda capilar é a Alopécia androgenética, também conhecida como calvície.

Apesar de ser mais prevalente entre os homens, mulheres também podem apresentar.

As causas da calvície não são completamente esclarecida… sabemos que são multifatoriais:

1-    Sabe-se que a questão genética está envolvida, porém ainda não foram isolados todos os genes responsáveis pela doença.

2-    Outra questão sabidamente envolvida, são os hormônios, como a testosterona e a DHT.

Nessa doença, o mecanismo de queda da haste capilar, do fio, é bastante peculiar.

Ao longo do tempo, por ação hormonal vai ocorrendo uma miniaturização (ou atrofia) do folículo piloso… um folículo atrófico, pequeno, consequentemente produz um fio fino… Você, portador da alopécia androgenética, provavelmente deve ter reparado que seu cabelo foi afinando com o tempo, por vezes dificultando o pentear.

Com a progressão dessa atrofia folicular (dessa diminuição do folículo), muitos folículos fibrosam e morrem definitivamente, resultando em uma rarefação capilar progressiva. É aí que as pessoas passam a se incomodar… quando o couro cabeludo passar a ser mais visível… ou quando uma mulher prende o cabelo e o volume do rabo é fino….

Qual a conclusão que gostaria de chegar? Quanto antes conseguirmos abortar todo esse processo de atrofia dos folículos, melhor o resultado de nosso tratamento.

Até bem pouco tempo, nosso arsenal terapêutico era um tanto limitado no combate à Alopecia Androgenética.

Tínhamos disponíveis alguns shampoos antiquedas, alguns medicamentos VO… e, para casos mais avançados, o implante capilar.

Recentemente, com o Advento do MMP este cenário mudou drasticamente.

O que seria esse MMP?

MMP é uma sigla que significa Microinfusão de Medicamentos na Pele, e que foi descrita recentemente por um pesquisador dermatologista brasileiro.

O procedimento consiste num dispositivo eletrônico que possui 27 micro agulhas paralelas de aproximadamente 0,5mm de comprimento em sua extremidade. Essas agulhas são retráteis e conseguem fazer uma cobertura de todo o couro cabeludo, infundindo, folículo a folículo, medicamentos que vão agir diretamente no problema.

Com isso, conseguimos uma alta concentração medicamentosa no couro cabeludo e – principalmente – poucos ou nenhum efeito colateral, pois os medicamentos estão confinados à pele do couro cabeludo.

Para saber mais sobre este tratamento de infusão, procure seu médico dermatologista, com experiência em tricologia.

Espero ter ajudado com informações úteis.

Um abraço!

Você pode ler mais sobre este assunto no nosso artigo: Tudo sobre calvície

Você tem olheiras? Conheça os tratamentos indicados.

Existe tratamento para as olheiras?

Você já ouviu falar que não existe tratamento para as olheiras? Saiba que isso não é verdade. Existem diversos tratamentos eficazes para as amenizar as olheiras.

Os olhos são elementos centrais na face e sua beleza influencia diretamente da estética global do rosto.

Tratamentos disponíveis para as olheiras.

O laser Nd:YAG, o Spectra, é uma tecnologia de ponta que trata pigmentos das camadas superficiais e profundas da pele, consegue eliminar vasos congestos e, por fim, induzir a formação de colágeno.

Para melhorar a profundidade da olheira, os sulcos, podemos lançar mão dos preenchimentos com ácido hialurônico, que uniformizam o relevo na região.

Por fim, existem os lasers fracionados, tanto ablativos quanto não-ablativos, que podem ser usados na indução de colágeno e melhora da qualidade e textura da pele.

Esteja atento à sua qualidade de vida e saúde da pele.

A saúde de pele é resultado dos cuidados externos e internos que você dá a si mesmo. Ou seja, para evitar diversos males, incluindo as olheiras, nós recomendamos você evitar o stress, combater o sedentarismo e adotar uma alimentação balanceada.

A carência de vitaminas e nutrientes pode refletir na saúde e beleza da sua pele. Uma vida equilibrada em todos os aspectos, proporciona o sucesso de uma pele bonita e saudável, na maioria dos casos.

Procure o seu médico dermatologista para saber qual o seu tipo de olheira e o tratamento adequado para o seu caso.

Espero ter ajudado. Um forte abraço!

Dr. Lucas Miranda.

Você já sabe como tratar da gordura localizada sem cirurgia? Clique aqui para saber mais.

Rinoplastia não cirúrgica: remodele seu nariz sem cirurgia!

Transforme seu nariz sem cirurgia com a rinoplastia não cirúrgica!

Hoje conversaremos sobre estética nasal e sobre a rinoplastia não cirúrgica. O nariz é um elemento central da face que, por sua posição, é um grande responsável pela harmonia global do rosto. Muitas vezes alguma alteração estética do nariz é motivo de infelicidade, constrangimentos.

Já imaginou ir ao consultório e fazer um procedimento ambulatorial, sem anestesia geral e já sair com o nariz pronto? Parece mentira, mas não é.

Hoje é possível realizar uma rinoplastia não cirúrgica com o uso de preenchedores cutâneos.

A rinoplastia com uso de preenchedores é realizada com um material chamado ácido hialurônico de alta viscosidade, de forma a conseguir alterar e modelar o formato nasal.

Através dessa técnica conseguimos modelar algumas características consideradas indesejáveis. É possível arrebitar a ponta nasal, corrigir algum relevo no dorso nasal, como protuberâncias ou depressões, e retificar um nariz encurvado, o famoso nariz de tucano. A durabilidade do procedimento é em torno de 1 ano.

Apesar de não ter maiores invasões como uma cirurgia plástica convencional em bloco cirúrgico, a rinoplastia não cirúrgica é um procedimento de elevada complexidade e o profissional deve ter um profundo conhecimento de anatomia e fisiologia, além de possuir um senso de estética e artístico ímpares, para que o resultado seja um sucesso.

Nós médicos dermatologistas dominamos muito essa técnica e, por isso, a rinoplastia não cirúrgica em nossas mãos costumam ter resultados excepcionais.

Caso seu nariz seja motivo de insatisfação ou traga algum tipo de infelicidade, converse com o seu dermatologista. Certamente ele poderá ajudar com alternativas minimamente invasivas e sobretudo seguras.

Espero ter ajudado com as informações. Um forte abraço!

Dr. Lucas Miranda!

As cicatrizes de acne têm solução? Clique aqui para saber

Tratamento para acabar com o suor em excesso!

Você já conhece o tratamento para o suor em excesso?

Hoje abordaremos uma condição que afeta e restringe a qualidade de vida de inúmeras pessoas, a hiperidrose, conhecida como suor em excesso. Quem já se sentiu constrangido com marcas de suor na região das axilas?

A hiperidrose é uma patologia caracterizada pelo suor excessivo, mesmo em pessoas que estão em repouso.

Gostaria de salientar o seguinte: é importante lembrar que o ato de suar tem as suas devidas funções, como atuar no controle da temperatura corporal, porém, quando existe o excesso dessa secreção, ocasionando incômodo e constrangimento, nos deparamos com uma condição patológica que configura o que chamamos de hiperidrose.

Essa condição pode surgir na infância, adolescência ou mesmo na fase adulta e diferentes regiões podem ser acometidas, como mãos, pés, axilas, face e couro cabeludo.

E quais seriam as causas da hiperidrose?   

A hiperidrose ocorre porque as glândulas sudoríparas estão funcionando além do necessário e existem diferentes causas para isso, como fatores emocionais, hereditários ou mesmo algumas disfunções orgânicas.

Entre os tratamentos disponíveis para hiperidrose podemos citar o tratamentos tópicos de uso externo, como loções de desodorante prescritos por um dermatologista, que conseguem reduzir a secreção de suor.

Existem alguns medicamentos por via oral cuja função é inibir a secreção das glândulas sudoríparas. No geral, reservamos esses medicamentos para casos mais graves e mais generalizados, posto que, como todo medicamento via oral, apresenta alguns efeitos adversos.

Já na cirurgia de simpatectomia torácica endoscópica (STE) desliga-se um gânglio nervoso no tórax que é responsável pela sudorese. Esse procedimento está relacionado a alto risco de sudorese rebote/compensatória em outras regiões do corpo, podendo ser de maior intensidade.

Por último, mas não menos importante, gostaria de lembrar a aplicação da toxina botulínica que atualmente, ao meu ver, é o melhor tratamento para a hiperidrose.

A toxina botulínica, mesmo medicamento usado em estética para correção de rugas e vincos faciais, quando aplicada em determinada camada da pele das axilas, consegue inibir a secreção de suor de forma eficaz.

Sua grande vantagem reside no fato de não haver risco de rebote da sudorese. Sua aplicação ocorre em uma sessão e a durabilidade do procedimento é em torno de 1 ano.

Procure seu médico dermatologista e converse com ele sobre as opções terapêuticas da hiperidrose.

Espero ter ajudado de alguma forma. Um abraço!

Dr. Lucas Miranda.

Saiba como acabar com a flacidez da sua pele. Clique aqui!

Como tratar a gordura localizada sem cirurgia?

O final de ano está chegando e o verão está aí, não é mesmo? Você tem alguma gordurinha localizada ou algum ponto de flacidez que te inibe de colocar um biquíni por exemplo?

Eu vejo alta procura nos consultórios dermatológicos por tratamentos e soluções para reduzir gorduras localizadas e  flacidez cutânea.

Ao mesmo tempo que observo um aumento da exigência com o corpo nessa época do ano, noto uma tendência em trocar os procedimentos cirúrgicos tradicionais, como a lipoaspiração ou a cirurgia plástica, por procedimentos minimamente invasivos, onde não há maiores riscos e não deixam cicatrizes.

Eu gostaria de comentar sobre dois desses tratamentos.

Radiofrequência e o rompimento das células de gordura.

A radiofrequência consiste em um aparelho que consegue elevar a temperatura da pele e do músculo para aproximadamente 41ºC, contraindo o colágeno e aumentando as produção de fibras colágenas e elásticas, conseguindo uma maior sustentação e firmeza na pele.

Além disso, nós sabemos que a elevação da temperatura rompe a membrana das células de gordura, fazendo com que ela seja eliminada do corpo definitivamente, garantindo resultados visíveis nos primeiros dias logo após a primeira sessão. A radiofrequência pode ser realizada tanto para o tratamento da flacidez corporal, quanto para flacidez facial e o número de sessões depende do grau de evolução no qual se encontra a flacidez.

Mesoterapia, a aplicação intradérmica/subcutânea.

A mesoterapia ou intradermoterapia é outro procedimento para a gordura localizada, o qual consiste na aplicação por via intradérmica/subcutânea de múltiplas microinjeções feitas em meio a 4 milímetros de profundidade na pele de pequenas quantidades de medicamento, capazes de promover e estimular a quebra de gordura e também a produção de colágeno na região.

Ainda há tempo! Converse com o seu dermatologista sobre as opções não cirúrgicas do tratamento da gordura localizada e flacidez de pele.

Espero ter ajudado de alguma forma. Um forte abraço!

Dr. Lucas Miranda.

Saiba mais uma opção de tratamento para flacidez cutânea! Clique aqui para saber mais.

 

Como tratar a flacidez da sua pele?

A flacidez da pele pode e deve ser tratada!

Tratar rugas, sulcos e vincos com preenchedores ou toxina botulínica talvez não seja nenhuma novidade para você, não é mesmo? Mas e aquela pele flácida, sem turgor e sem elasticidade, como tratar esse tipo de flacidez?

O colágeno é a proteína mais abundante em nosso organismo e nossa pele é rica dessa substância, que tem como função principal a estruturação e firmeza da pele.

Com o envelhecimento perdemos cerca de 1% de colágeno por ano, sendo um processo rápido que pode passar despercebido. Não podemos perder tempo para intervir e desacelerar ou mesmo reverter esse processo.

Você conhece o Sculptra? O Sculptra é um produto composto por ácido polilático, desenvolvido especialmente para estimular a produção de fibras colágenas nas regiões aplicadas.

Os resultados são notáveis e evidentes já a partir da primeira sessão, e permanece por até dois anos. O número de sessões é variável de acordo com o grau de flacidez, em geral de uma até quatro sessões, com um intervalo de 40 e 60 dias entre elas.

O Sculptra não é um produto de preenchimento facial, ele promove um aumento das proteínas de colágeno e, deste modo, traz um rejuvenescimento real aos locais de aplicação do produto.

Inicialmente o Sculptra era utilizado apenas para a região facial, mas acabou conseguindo ótimos resultados na região corporal também. Quando ele é injetado em nosso organismo ocorre um aumento da espessura da pele e uma redução progressiva da flacidez na região tratada.

Cuidados com a exposição solar também são extremamente importantes! Clique aqui para saber mais.

Pode ser utilizado para tratar a flacidez dos braços, flancos, abdome, papada do pescoço ou até a parte interna das coxas, por exemplo. Além da alta eficácia ao tratar essas regiões, é importante citar a segurança do produto, que é totalmente biocompatível, não causa alergia e, por ser 100% reabsorvível, não oferece risco nenhum a longo prazo ao organismo.

Se você sofre com a flacidez da sua pele e isso incomoda, talvez esse método seja útil para você. Converse com o seu dermatologista.

Espero ter ajudado de alguma forma. Um forte abraço!

Dr. Lucas Miranda

Dezembro Laranja: Cuidados para a sua pele.

Conheça os cuidados importantes para sua pele com a exposição solar!

Prepare-se para as festas de fim de ano!

Como está sua aparência para as festas de fim de ano?

O fim de ano chegou e muitas festas acontecerão, como a confraternização da empresa, amigo secreto, natal, quando nós reencontramos parentes distante. É uma época em que tiramos muitas fotos para deixar registrado ao longo do tempo, não é verdade?

Temos que chegar bem nessas festas de fim de ano. Para isso eu montei um protocolo de procedimentos com algumas queixas frequentes e que ainda podem ser corrigidas até o final do ano. Vou mostrar algumas situações a seguir.

Primeiramente, vamos falar sobre as rugas de expressão, aquelas rugas na glabela, na testa, ao redor dos olhos os famosos “pés de galinha”. Todas essas rugas podem ser corrigidas utilizando a toxina botulínica, que consegue tratar a tempo essas mazelas do envelhecimento.

Olheiras profundas logo abaixo dos olhos, que trazem um ar de cansaço, também possui um tratamento imediato através do preenchimento com ácido hialurônico, que é minimamente invasivo e se consegue resultados bons, rápidos e de forma natural.

Saiba mais sobre as olheiras. Clique aqui!

A flacidez é outra queixa constante. A pele, ao longo do tempo, perde colágeno e torna-se flácida, e para recuperar isso podem ser utilizados os fios de sustentação. Eles tracionam a pele e conseguem minimizar esse aspecto de pele caída, levantando e rejuvenescendo o seu rosto através de um procedimento sem cirurgia, sem pós-operatório, sem riscos e com resultados imediatos.

Falemos sobre os lábios envelhecidos; as características enrugadas e desidratadas podem ser corrigidas com preenchimentos à base de ácido hialurônico também, assim como as olheiras. Ao serem suavizadas chegam ao ponto de realçar o contorno labial do paciente.

E por fim, o paciente que tem uma desarmonia facial ou que quer um alinhamento do seu rosto, nós podemos sustentar toda essa harmonia utilizando técnicas como o MD Codes.

Se você se interessa por corrigir ou tratar um desses pontos, peço para que você ligue para clínica e cite nosso protocolo de rejuvenescimento para o fim de ano. Com certeza você será super bem-vinda.
Espero realmente ter ajudado com alguma informação útil e me coloco à disposição.

Um forte abraço!

Dr. Lucas Miranda

Cicatrizes de acne têm solução?

Olá, hoje eu gostaria de conversar sobre um tema muito comum que são as cicatrizes de acne. Quem não teve acne na adolescência, não é mesmo?

Realmente é muito comum entre os adolescentes, e muitas as cicatrizes de acne permanecem na idade adulta; Isso tem um peso diferente, fere a auto-estima de uma forma diferente.

Uma vez que a maquiagem não consegue esconder as alterações de relevo na pele, isso pode afetar diretamente a vida pessou ou mesmo a vida profissional.

Devemos que abordar isso de forma rigorosa, com tratamentos que conseguem entregar eficácia nestes casos.

As cicatrizes de acne, primeiramente, são classificadas em cicatrizes distensíveis e não distensíveis; Essa classificação das cicatrizes é essencial e vai interferir diretamente na estratégia terapêutica.

Hoje dispomos de diversos tratamentos para cicatrizes de acne. Falemos um pouco sobre eles:

O peeling profundo (como o de Fenol) é uma boa estratégia terapêutica, pois conseguem “regenerar” toda a superfície cutânea.

Cliquei aqui! para saber mais sobre o peeling de fenol.

Outras técnicas, como a “CROSS” que, do inglês significa reconstrução química de cicatrizes na pele consegue também um resultado bem interessante.

Além dos peelings, podemos citar os preenchedores ou bioestimuladores, que irão estimular a síntese de colágeno e uniformizar este relevo cutâneo.

Fora isso, dispomos do microagulhamento, que é uma técnica de agulhamento da pele para uniformização do relevo cutâneo. Este agulhamento pode ser realizado através do dermaroller ou pelo dermapen.

Recentemente, como uma modernização desses aparelhos antigos de microagulhamento, surgiu o MMP® (Microinfusão de medicamentos na pele), que além de fazer o agulhamento da pele, consegue infundir substâncias que estimulam o colágeno, e que consequentemente vão resolver tais cicatrizes e uniformizar a superfície cutânea. O MMP é um tratamento bem moderno e que tem ganhado adeptos por sua alta eficácia.

Não podemos deixar de citar os tratamentos a laser, seja o laser de CO2 fracionado, ou os lasers fracionados não-ablativos, que também são bem efetivos e seguros.

Lembrando que cada tipo cicatriz de acne possui seu tratamento ideal. E que uma associação de tratamentos no mesmo paciente pode aumentar a eficácia.

Portanto, converse com seu Médico Dermatologista para saber sobre o tratamento ideal para os seus tipos de cicatrizes de acne.

Espero ter ajudado. Forte Abraço!

Dr. Lucas Miranda

Envelhecimento: Como evitar?

Olá! Hoje eu gostaria de conversar com vocês sobre beleza.

Primeiramente vamos estabelecer a seguinte questão: O que é belo?

Algumas pesquisas recentes comprovaram que o cérebro humano  identifica alguns padrões, pontos e contornos da arquitetura facial e classifica aquilo como belo, ou não belo  (em uma fração de segundo!!!).

Por exemplo, no rosto feminino um malar preminente, um contorno de mandíbula  preservado são identificados como belos; Já no rosto masculino, o ângulo da mandíbula mais quadrado e um mento preminente é interpretado como beleza.

Outro ponto que traz desvantagem na harmonia facial são as temidas rugas. E como tratá-las? Clique aqui! para saber mais.

A dermatologia vem se dedicanto e estudando de forma profunda esse tema e, nos últimos anos várias ténicas vem sido descritas. O recente MD Code ou lifting líquido consiste em sustentar pontos estratégicos da face utilizando preenchedores (de Ác. Hialurônico), devolvendo contorno e harmonia àquela face comprometida pela ação do tempo.

Está bem estabelecido através de estudos anatômicos que a camada de gordura em nossa face é dividida em compartimentos separados e que o processo de envelhecimento da face acontece de forma gradual, em cada um desses compartimentos. Além dessa perda gordurosa, sabemos que ocorre também reabsorção óssea e atrofia muscular. É como se o “recheio” da face fosse sumindo, causando um aspecto “derretido” da pele.

Tudo isso foi essencial para o entendimento do processo de envelhecimento no rosto. A partir deste ponto, foram desenvolvidas as técnicas de MD Codes, onde sustentamos justamente o local no qual foi perdido, osso, músculo ou gordura, devolvendo aquele aspecto jovial, convexo, iluminado para a região das maçãs do rosto ou mesmo mandíbula e mento.

Garantindo desta forma harmonia e jovialidade ao longo dos anos, evitando o envelhecimento precoce da pele e aquele semblante para baixo e cansado.

Converse com o seu dermatologista e sobre as vantagens desse procedimento minimamente invasivo.

Espero que tenha ajudado e que você tenha entendido um pouco mais sobre o tratamento facial.

Um abraço,

Dr. Lucas Miranda

Para você que se interessa nesse assunto, vale a pena se informar sobre alguns tratamentos para olheiras, essenciais para manter uma boa estética facial. Clique aqui! e se informe.

 

Mãos envelhecidas, Como tratar?

Olá!

Hoje eu gostaria de conversar sobre a queixa mais frequente em nossos consultórios dermatológico, o envelhecimento.

Envelhecimento é o tema mais abordado pelas minhas pacientes, e eu vejo certa negligencia com uma parte específica do nosso corpo.

Quero fazer uma pergunta:

  • Você cuida da pele do seu rosto?  Provavelmente a maioria das pessoas irão responder que sim.
  • Mas, e a pele das suas mãos? Poucos dão a devida atenção.

 

A pele do rosto bonita e a pele das mãos de uma maneira diferente acabam destoando e formando uma dissintonia. Uma pele lisa no rosto, sem manchas, com turgor preservado,  e mãos envelhecidas, manchadas, mostrando as veias e tendões? Isso esteticamente não é viável, não é indicado. A estética das mãos também merecem a devida atenção.

Quer saber mais sobre o cuidados com a pele do rosto? Clique aqui!

Em nossa clínica dispomos de diversos tratamentos para essas mazelas do tempo sobre as mãos. Por exemplo, em casos de mãos emagrecidas com tendões e veias aparentes, está indicado o uso preenchedores cutâneos (de Ác. Hialurônico), ou mesmo os bioestimuladores (de ácido polilático ou hidroxiapatita de cálcio).

Se forem as manchas os grandes problemas das mãos envelhecidas, podemos nos valer das tecnologias a laser ou dos peelings. Agora, se for a perda de viço, de elasticidade, acabamos tendo duas opções terapêuticas interessantes: Radiofrequência ou aplicações intradérmicas de ácido hialurônico (Skinbooster), que são justamente partículas que farão uma profunda hidratação  e um estímulo rigoroso de colágeno, tornando a pele mais firme e densa.

Ao procurar seu Médico Dermatologista, não se esqueça de incluir os cuidados com a pele de suas mãos.

Espero ter ajudado.

Dr. Lucas Miranda

Manchas solares: Quais os tratamentos?

Manchas: diferentes tipos, diferentes tratamentos!

Hoje vamos falar sobre um assunto bastante comum: o fotoenvelhecimento. Trata-se  do envelhecimento cutâneo, ocasionado pelos efeitos cumulativos da radiação cumulativa sobre a pele.

O dano solar gera uma série de alterações cutâneas, como flacidez, desidratação e alterações na pigmentação. As duas principais alterações de coloração são as melasses solares, que são aquelas manchas castanhas e escuras, e as leucodermias, que seriam aquelas sardas brancas.

Essas manchas acometem regiões fotoexpostas (regiões expostas ao sol), como por exemplo o dorso das mãos, o colo e o rosto.

MELANOSES

As melanoses são manchas gutatas, ou seja, em forma de gota que acometem principalmente o dorso de mãos e o rosto, mas podem acometer outras regiões.

Existem diversas opções terapêuticas para esta condição, desde o nitrogênio líquido (crioterapia, cada vez menos utilizada pelo potencial de deixar manchas cicatriciais) a tratamentos mais modernos, como peeling, lasers e luz intensa pulsada, que são eficazes e – sobretudo – bastante seguros.

LEUCODERMIAS

São também manchas em forma de gotas, porém brancas.

Até muito recentemente, não dispúnhamos de opção terapêutica para esta condição.

Atualmente, com o surgimento do MMP (Micro-infusão de Medicamentos na Pele), fazemos uma infusão de medicamentos em cada uma dessas pequenas manchas com o objetivos de estimular a produção de melanina, que é justamente o pigmento responsável pela nossa cor.

Poucas sessões costumam ser bem resolutivas, em torno de duas ou três, dependendo do caso.

Converse com um dermatologista e exponha essa queixa. Discuta com ele as opções terapêuticas para seu caso.

Espero ter ajudado.

Dr. Lucas Miranda

Olheiras são um problema para você?

Como conferem um olhar abatido e cansado, as olheiras são uma queixa muito frequente em nossos consultórios .

As olheiras não são necessariamente condicionadas à idade. Tem pessoas que as tem de forma constitucional, desde a juventude, mas elas podem indicar um processo normal de envelhecimento.

Afim de atingir um semblante mais descansado, mais jovial, as olheiras devem ser devidamente tratadas.

Existem duas formas de olheiras: Aquelas por alteração de relevo, quando forma um sulco infra-palpebral (por reabsorção óssea ou reabsorção da gordurinha ao redor dos olhos). Outras formas de olheira são por alteração de cor, ou seja, pigmentar, por depósito de pigmento. Ambas as formas de olheiras têm tratamento.

Há uma questão que vem me preocupando e que eu gostaria de pontuar! Nas últimas semanas, nas redes sociais têm-se falado muito de tatuagem para olheiras. Isso não é tratamento, nem eficaz e muito menos seguro.

Você sofre com gordura localizada? Clique aqui e saiba como tratar. 

E porquê? O pigmento da tatuagem não é isento de risco, pode causar reações alérgica na pele mais fina do nosso corpo, a pálpebra.

Além disso, com o tempo esse pigmento pode ter sua profundidade alterada, causando alteração na cor. Lembre-se que qualquer tatuagem pode desbotar com o tempo! O que vai acontecer com essa tatuagem de olheira ao longo do tempo?

Outra questão é a seguinte: nossa pele muda de co; ao longo do ano as pessoas se bronzeiam, as pessoas têm leves alterações de cor ao longo da vida, mas o pigmento da tatuagem não acompanha essas alterações. Isso vai gerar um desnível de tom entre a pele não tatuada e a pele da olheira com essa tatuagem.

Então repito: não é um tratamento eficaz, nem seguro. Fica o alerta!

Existem tratamentos realmente eficazes para olheiras:

Existem tecnologias à base de laser que farão uma troca da superfície cutânea, conferindo viço àquela pele desvitalizada. Quando o problema é a pigmentação, existem tratamentos tópicos e também à base de laser ou peeling, que ajudam muito.

Quando o problema é o relevo, ou seja, existe aquele sulco na parte inferior do olho, podemos preencher com ácido hialurônico, que é um material isento de risco naquela região e que vai conferir uma uniformidade no relevo.

Muita cautela ao decidir por tratamentos ainda não consagrados, que não têm uma segurança bem estabelecida a longo prazo.

Procure seu dermatologista e discuta com ele um tratamento eficaz e seguro para suas olheiras.

Espero ter ajudado. Um abraço.

Dr. Lucas Miranda

Calvície tem cura?

Calvície e quedas capilares. Esse são temas muito comuns nos consultórios dermatológicos.

Existem tratamentos inovadores que conseguem entregar alta eficácia.

Antes de tudo, há uma questão que eu gostaria de pontuar: O correto diagnóstico é crucial para o sucesso do tratamento. Para tratar de forma efetiva, antes precisam investigar e definir a causa.

Em mulheres as principais causas são as carenciais, carência de ferro ou qualquer outra vitamina. Uma investigação profunda é sempre válida.

Nos homens a principal causa de queda capilar é a alopecia androgenética, que é a calvície. Apesar de menos frequente, ela também pode estar presente nas mulheres.

Repito: é preciso investigar, pois a partir do diagnóstico poderemos traçar toda a estratégia terapêutica.

Outro ponto que gostaria de levantar é que muitos pacientes nos procuram no consultório já em auto-medicação com algum complexo multivitamínico que viu na internet, ou que assistiu na televisão. Isso não é adequado. Pode não funcionar para o seu caso ou até apresentar efeitos adversos.

Hoje em dia a medicina tem avançado a passos largos. Dispomos de medicamentos orais que são eficazes, com mínimos efeitos adversos. Temos tecnologia, equipamentos modernos, sejam à base de laser, ultrassom, infravermelho, que conseguem estimular o bulbo e o folículo piloso.

Existem também infusões medicamentosas, a famosa mesoterapia, na qual aplicava-se no couro cabeludo medicamentos que estimulavam o crescimento capilar. Hoje em dia existe um tratamento similar a esse, que seria uma evolução da mesoterapia, que é o MMP – Microinfusão de Medicamentos na Pele – na qual um aparelho eletrônico que dispõe de várias agulhinhas retrateis iria infundindo medicamentos em todo o couro cabeludo.

Quais medicamentos seriam esses? Isso depende do diagnóstico: cada causa de queda capilar demanda um tratamento específico e um medicamento específico.

Procure o seu dermatologista para um diagnóstico adequado e a partir daí um tratamento adequado para o seu tipo de queda capilar.

Forte abraço,

Dr. Lucas Miranda

Peeling profundo de Fenol – para que serve?

Já ouviu falar sobre Peeling de Fenol?

Hoje eu quero conversar com você, que possui um dano severo de envelhecimento cutâneo (ou cicatrizes de acne extensas), o que a gente chama de goglau 4 na classificação. Trata-se de um envelhecimento grave, profundo da pele, com formação de tramas em redilhado na superfície da pele, com pregueamento completo.

Nesses casos não sobram muitas opções terapêuticas. As consagradas aplicações de toxina botulínica, preenchimentos, ou mesmo os laseres mais profundos se tornam completamente ineficazes nesses pacientes com envelhecimento severo. Nesse caso a única opção terapêutica realmente eficaz é o peeling de fenol.

O peeling de fenol é um procedimento médico, realizado em consultório, que serve justamente para descamar a pele até a derme reticular, que é a derme profunda. Com isso forma-se uma nova camada de pele, mais jovem, mais firme.

Eu diria que a gente consegue entregar uma pele mais firme e elástica como há 10, 15 anos atrás. Mas atenção! Esse procedimento tem que ser feito em consultório especializado, com um médico capacitado para isso, afinal de contas precisa-se monitorizar o paciente e controlar a dor. É um procedimento que deve ser feito sob rígidos critérios.

Converse com seu dermatologista sobre o Peeling de Fenol.

Espero ter ajudado. Forte abraço!

Dr. Lucas Miranda

Gorduras localizadas têm tratamento?

“Gordura localizada” é um tema muito comum em meu consultório, queixa de grande parte dos pacientes. Aquele queixo duplo, a famosa papada, ou aquela gordurinha que compromete o contorno mandibular, ou mesmo as gorduras localizadas corporais, como em flanco, abdômen e a gordurinha do sutiã…

Até há bem pouco tempo, não dispunhamos de arsenal terapêutico para o tratamento dessas gorduras localizadas. Ficávamos limitados à cirurgia plástica, lipoaspiração. Por serem procedimentos cirúrgicos e exigirem recuperação pós-operatória acabam desencorajando grande parte dos pacientes.

Felizmente a medicina anda a passos largos e atualmente a dispomos de um tratamento inovador. Trata-se das aplicações injetáveis de uma mescla de medicamentos, que variam de acordo com cada caso, que ajudam justamente a diminuir, fazer uma quebra daquela gordura localizada.

É como se digerisse aquelas células de gordura da região injetada. Pode ser utilizada em papada, para queixo duplo, ou mesmo naquela gordura que compromete o contorno da mandíbula.

O número de aplicações varia muito, de acordo com a região a ser tratada e de acordo com o volume de gordura retirado.

Procure seu médico dermatologista e converse com ele sobre este tratamentos.

Forte abraço!

Dr. Lucas Miranda

Rejuvenesça alguns anos tratando rugas de expressão!

Eu vejo diariamente no consultório pacientes que se incomodam (com razão!) com as rugas ao redor dos olhos, na glabela ou na front. Esta condição traz um ar cansado, fechado, envelhecido ao semblante.

Dispomos de algumas de técnicas para tratar esta condição.

Ao falarmos sobre a toxina botulínica, gosto sempre de pontuar  uma questão (muitas vezes desconhecida!) com meus pacientes: sua ação preventiva no envelhecimento!

Como isso funciona? Temos dois tipos de rugas: As de expressão, que são as rugas dinâmicas, que só aparecem na mímica facial; As rugas estáticas, que são os vincos permanentes, que estão lá independente da movimentação da musculatura da face.

As rugas estáticas se formam justamente em consequência das rugas dinâmicas que não receberam tratamento algum. É esse o ponto que é importante frisar.

O paciente necessita, idealmente, abortar essa ruga dinâmica na hora certa para evitar sua transformação em ruga estática. No momento em que já estiver formada a ruga estática, talvez a toxina botulínica isoladamente não tenha uma ação adequada, precisando associar a outros tipos de procedimento, como preenchimento com ácido hialurônico, peellings profundos e laser.

Hoje em dia, fala-se muito sopbre a importância da toxina botulínica na prevenção do envelhecimento, afinal, a prevenção sempre é mais eficaz (e natural!) do que a correção. Converse com seu dermatologista sobre esta tendência.

Espero ter ajudado. Forte abraço!

Dr. Lucas Miranda

Já ouviu falar sobre os famosos Fios de Sustentação facial?

Hoje vamos falar sobre flacidez.

Você, que já passou dos 30, 40 anos deve ter notado uma diferença no tônus de sua pele, que tende a ficar menos elástica, mais flácida. Perdemos o contorno mandibular, os sulcos ficam mais profundos… quando vamos tirar foto, sombras e vincos começam a ficar evidentes, as sobrancelhas começam a descer…  isso tudo ocorre pela perda de colágeno, proteína que dá firmeza à pele.

Acredita-se que após os 40 anos as mulheres percam 1% de colágeno ao ano. Existem diversos tratamentos que conseguem trabalhar esta questão e evitar essa perda acelerada de colágeno.

Até há muito pouco tempo, dispúnhamos apenas de cirurgia plástica (lifting facial) para tratar a flacidez de pele, mas isso mudou.

Recentemente surgiram os fios de sustentação facial. São fios formados por ácido polilático que, além de tracionar e reposicionar os tecidos (efeito lifting), conseguem  estimular a síntese de colágeno (deixando a pele mais firme).

O que seria isso? Imagine um fio, como se fosse um fio de náilon, muito fininho, que é inserido através de um pequeno orifício (ou seja, não tem corte), e que consegue tracionar em média 1 a 2 centímetros essa pele que foi cedendo.

Lembrando que não há necessidade de anestesia, nem corte e não tem pós-operatório. Ele é colocado em consultório, num procedimento simples, realizado em cerca de 40 minutos.

Além disso, esse fio é cravejado de pequenos cones, que também são feitos de ácido polilático, e à medida que eles vão sendo reabsorvidos, estimulam a produção de colágeno na pele.

Então, trabalha-se duas frentes: Faz-se um efeito lifting e também estimula o colágeno nos meses subsequentes, nos quais a gente trabalha também a firmeza e elasticidade da pele.

Com isso, agora somos capazes de devolver jovialidade à pele de nossos pacientes, sem termos de submetê-los a um tratamento cirúrgico.

Procure seu dermatologista, converse com ele sobre esses fios de sustentação facial. Esse é um método interessante que consegue combater o envelhecimento e a flacidez da pele de forma muito eficaz e – sobretudo – segura.

Forte abraço!

Dr. Lucas Miranda

Skinboosters: Você já ouviu falar neles?

Hoje gostaria de conversar sobre três situações específicas que eu vejo incomodar profundamente minhas pacientes.

A primeira delas: as sleep-lines ou linhas do sono, que aparecem no colo. Essas linhas aparecem justamente pelo craquelamento da pele nessa região, durante as horas em que descansamos.

A segunda situação é dessas ruguinhas que aparecem na região lateral dos lábios ou dos olhos ao sorrir.

Terceira situação: a pele fina e craquelada do dorso das mãos.

Até há bem pouco tempo, não dispúnhamos de arsenal terapêutico adequado a este tipo de ruga, afinal de contas o botox talvez não funcione de forma ideal nesses casos. Mas a tecnologia da medicina anda a passos largos.

Atualmente, o que há de mais moderno a esta indicação são os chamados skinboosters.

O que são os skinboosters?

Trata-se de um ácido hialurônico, similar ao usado nos preenchedores, mas com uma característica diferente: eles não são reticulados, ou seja, eles não fazem volumização. A função deles aqui é outra:hidratar a pele em dua profundidade e estimular colágeno.

Quando se estimula a produção de colágeno, aumenta-se o viço, a firmeza e a elasticidade da pele. Com isso, conseguimos combater as sleep-lines, a flacidez de dorso de mãos e as tais ruguinhas ao redor dos olhos e boca.

Converse com seu dermatologista sobre os Skinboosters!

Espero ter ajudado!

Forte abraço!

Dr. Lucas Miranda